Lindo casal lésbico

Conto erótico lésbicas

Minha amiga, minha amante

Meu nome é Lena e a história que passo a contar, aconteceu comigo recentemente. Primeiro devo dizer que sou casada, 49 anos, morena baixinha (1,50) coxas grossas e seios médios para grandes, apesar da idade ainda bem bonitos. Sou bissexual por opção. Eu e meu marido temos uma cumplicidade muito grande e sempre que podemos vamos a clubes de swing e a bares gls, onde adoro paquerar lésbicas.

Vamos aos fatos. Tenho uma amiga da minha idade que nos conhecemos ha muito tempo, trabalhamos juntas atualmente. Sempre fomos muito amigas mas nunca chegamos a trocar confidências. De uns tempos pra cá vinha sentindo que ela me tratava de forma diferente. Pegava-me constantemente, se encostava em mim e coisas afins. Um belo dia ela não foi trabalhar na parte da tarde e me liga dizendo que precisava muito conversar comigo. Prontamente atendi e fui a casa dela que fica próximo do nosso local de trabalho.

Cheguei lá por volta das 14 horas e fui recebida por ela vestindo um robe de seda, pois tinha acabado de tomar um banho. Estava extremamente cheirosa com um perfume delicioso. Entrei, fui recebida com um beijo no rosto muito perto de minha boca. Aquilo já mexeu comigo e sentia que alguma coisa estava no ar. Ela prontamente, pois o calor estava muito grande, me perguntou se não queria tomar um banho pra refrescar, o que aceitei de imediato. Ela colocou no banheiro toalha e um robe também de seda, mas só que mais curto do que o dela. Fui tomar meu banho e quando voltei à sala, ela estava sentada no sofá com duas cervejas. Me ofereceu e começamos a conversar coisas amenas e de trabalho. Até que ela foi a cozinha buscar outra cerveja e quando retornou ficou abaixada próximo de minhas pernas que estavam de fora.

Colocando a mão nelas disse que tinha algo muito importante e sério pra me dizer. Meu coração disparou pois ela jamais poderia imaginar que eu era bi e adorava mulheres. Meu marido até me incentivou a ter uma amante. Ela então começou dizendo. “Sabe Lena, vou confessar a você algo que me incomoda ha muito tempo. Você sabe da nossa amizade e não quero perdê-la de jeito nenhum. Mas tenho que te dizer que sou muito, mas muito apaixonada por você.” Aquela confissão me deixou surpresa, pois jamais imaginei que minha amiga fosse igualmente bi como eu e se declarava estar apaixonada por mim. Inclusive em algumas ocasiões quando transava com meu marido, ele sempre falava do tesão que sentia só de imaginar eu e minha amiga juntas.

Peguei na sua mão e disse a ela que também gostava muito dela e que estava surpresa com a declaração que ela acabava de me fazer. Foi inevitável o nosso primeiro beijo, que começou bem suave e depois foi ficando cada vez mais violento. Eu a beijava, passava a língua em toda a extensão de sua boca, pescoço, orelhas e fui descendo até abrir o seu robe e ver os seus lindos seios, que segurei com muito carinho e fui chupando cada um. Ela se contorcia toda e gemia. Ela se levantou me pegou nas mãos e fomos para o seu quarto. Que maravilha tudo o que aconteceu. Nos abraçamos e nos beijamos como loucas deixando os robes caírem no chão onde ficamos nuas.

Ela me deitou na cama e começou a me beijar na boca bem molhado onde pude sentir todo o sabor de sua saliva. Que delicia. Desceu mais um pouco e alcançou meus seios que estavam pra lá de duros com os biquinhos empinados de tanto tesão. Ela me chamava de meu amor e que queria que o tempo parasse para podermos ficar juntas. Ela foi descendo com sua língua felina até alcançar minha buceta que estava mais do que molhada. Começou a passar a língua em toda a minha buceta me deixando louca. Chupou até não mais aguentar e gozar na sua boca. Ela feito uma cobra, veio subindo pelo meu corpo com a boca toda melada do meu gozo e nos beijamos mais molhado ainda.

Minha amiga lésbica
Eu e minha amiga!

Ai foi a minha vez que dar aquela mulher todo o prazer que ela havia me proporcionado. Fui beijando sua orelha, pescoço, e um beijo alucinante que demorou muito tempo. Ela me dizia que me amava e queria gozar como eu. Passei a chupar seis seios com muita vontade e fui descendo até chegar a sua buceta maravilhosa que lambi, mordi até que ela chegou a um gozo nunca visto por mim. Derramou uma grande quantidade de líquido. Esfreguei meus seios na buceta dela levando a minha amante a loucura. Depois levei meus seios até a sua boca pra que ela provasse do seu próprio gozo.

Ficamos abraçadas e repetimos a dose mais uma vez, até que a tarde caiu e fui embora. A partir deste dia nos tornamos amantes, e pelo menos uma vez por semana nos encontramos para nossas tardes de amor. No trabalho as coisas continuam iguais sem que ninguém tenha percebido nada.

amiga lésbica lesbian massage lesbian wife

1 mês ago

Deixe uma resposta

Aguarde o carregamento do vídeo.......

Assistir filmes porno   Arquivoporno